.

facebook: clique aqui
danielgil@danielgil.com.br



.

Guardava tantas coisas que...



Guardava tantas coisas que
Deviam ser deixadas
Argumentando que
No dia da mudança, quando fosse
Encaixotar aquelas
Que servem, ficariam fora
As outras, que deviam ser
Deixadas. Acontece que, na correria
Encaixotou as coisas e
Encaixotou sem distinção
Aquelas outras que serviam. Derivou
Agora um grupo
Novíssimo que deve se
Deixar, porque jamais alguém
Enxergaria
Encaixotado juntamente a todas
As coisas que deviam ser
Deixadas. Foi aí que viu
A natureza de umas outras e
De um garfo extraviado
No fígado.

§

Nenhum comentário: